Cuidados nutricionais na quimioterapia e radioterapia, existe diferença?

Cuidados nutricionais na quimioterapia e radioterapia, existe diferença?

A quimioterapia e radioterapia podem apresentar diversos efeitos colaterais que podem interferir no estado físico, imunológico e nutricional

Cuidados nutricionais na quimioterapia e radioterapia, existe diferença?

A quimioterapia e radioterapia podem apresentar diversos efeitos colaterais que podem interferir no estado físico, imunológico e nutricional, fazendo muitas vezes necessária a intervenção da terapia nutricional para preservar e/ou melhorar a qualidade de vida e bem-estar do paciente.1,4

Esses tratamentos podem ocasionar diversos efeitos colaterais como: náuseas, diarreia, constipação, anorexia, falta de salivação, perda do paladar e olfato, dificuldade em mastigar e deglutir os alimentos e sensação de estômago cheio, influenciando uma diminuição da função imunológica e ocasionando uma possível desnutrição.1,2,4

Nesses casos a terapia Nutricional deve ser iniciada o quando antes, a fim de obter um diagnóstico de risco nutricional preciso e auxiliar no manejo dos sintomas evitando a perda de peso e desnutrição e melhorando a resposta ao tratamento.3

Por isso, devemos incluir alimentos saudáveis de acordo com a aceitação do paciente, como podemos ver abaixo:1,2,3

  • Fracione em pequenas porções os vegetais, frutas, grãos integrais, fibras, legumes e verduras;
  • Evite frituras e alimentos industrializados;
  • Realce o paladar consumindo frutas cítricas e alimentos ácidos, desde que não tenha feridas na boca;
  • Considere o uso de suplementos nutricionais para garantir uma nutrição mais balanceada se não conseguir comer tudo que precisa no dia;
  • Evite cozinhar para você mesmo! As vezes pode embrulhar o estômago;
  • Varie bastante o cardápio e garanta prato colorido todos os dias para estimular o apetite.

As implicações nutricionais em pacientes com câncer são bastante evidentes, por isso é imprescindível um bom acompanhamento nutricional a fim de garantir condições adequadas para o seu corpo enfrentar o tratamento.2,3

 

Referências:

1. BACHMANN, P. Nutrition au cours des radiotherapies et chimiotherapies. Clin. Metabol. 2001; 15:308 – 17.

2. TOSCANO, B.A.F. et al. Câncer: implicações nutricionista. Ciências e Saúde, v9, 0.171-180, 2008.

3. RAVASCO, P. et al. Nutritional deterioration in cancer: the role of disease and diet. Clinical Oncology, v. 15 p.443-450, 2003.

4. FERREIRA, N. M. L. et al. Quimioterapia antineoplásica e nutrição: uma relação complexa. Ver. Eletrônica de Enfermagem, v 10, p. 1026-1034, 2008.1

LEIA TAMBÉM

Tenho câncer. Como devo me alimentar?

Sabemos que nos últimos anos a alimentação passou por diversas transformações sociais, contribuindo para mudanças significativas no perfil alimentar e impactos na saúde.

Ver mais

Será que o açúcar faz o câncer crescer?

Muitos cientistas e profissionais da saúde ainda se dividem na resposta dessa pergunta, mas o que sabemos até então é que:

Ver mais

Imunidade e coronavirus por que a alimentação saudável é importante durante uma pandemia

A dieta saudável e balanceada fortalece o sistema imunológico, reduzindo os riscos de contrair infecções virais e fortalecendo o corpo para lutar contra doenças

Ver mais